APRESENTAÇÃO

O I Seminário de Educação, Cinema e Audiovisual da Paraíba / I Encontro da Rede Kino Nordeste será realizado em João Pessoa (PB) no período de 22 a 25 de janeiro de 2020, no Espaço Cultural José Lins do Rego.

O evento é uma realização do Grupo Semente Cinematográfica, do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UFPB) e da Rede Kino - Rede Latino-Americana de Educação, Cinema e Audiovisual.  Ele integra a programação de encerramento do projeto Cartografias imagens: filme-carta, formação e experimentação; tem o apoio do Programa Rumos Itaú Cultural 2017-2018 e da FAPESQ, e a parceria do Grupo Mutum: Educação, Docência e Cinema (FAE/UFMG), do CEARTE e da FUNESC.

Trata-se de um evento de caráter expositivo, reflexivo e prático acerca das possibilidades de diálogo entre a educação, o cinema e o audiovisual, que se propõe a instituir um lugar de encontro e intercâmbio de experiências, saberes, metodologias, acervo e redes de apoio pedagógico entre educadores, estudantes, pesquisadores, artistas e o público em geral.
A programação do Seminário prevê a realização de conferências mesas de debate, mostra de filmes, lançamento de livros, oficinas para educadores e o I Fórum nordestino da Rede Kino - Rede Latino-Americana de Educação, Cinema e Audiovisual.

Os objetivos com a realização do Seminário são:

  • Criar e fortalecer redes locais e regionais de grupos e iniciativas que articulem a educação, o cinema e o audiovisual, oferecendo oportunidades para os agentes se conhecerem, trocarem experiências e aprofundarem conhecimentos;
  • Apresentar experiências que articulem a educação, o cinema e o audiovisual na América Latina e no Nordeste brasileiro em especial;
  • Fomentar o debate e a reflexão sobre as aproximações entre a educação, o cinema e o audiovisual na Paraíba;
  • Oferecer contribuições para o debate, a criação e a implementação de políticas públicas voltadas para as pedagogias do cinema e do audiovisual.
INSCRIÇÕES

As inscrições no Seminário podem ser feitas com antecedência, seguindo as orientações abaixo, ou no dia do evento.

Os ouvintes podem participar do evento todo, recebendo certificado de participação, ou de dias/atividades específicas da programação.

Para realizar a inscrição com antecedência, TODOS os participantes devem seguir os seguintes passos:

1. Preencher o formulário de inscrição disponível neste link <bit.ly/SeminarioCineEducaPB_Inscricao>;

2. Realizar o pagamento, segundo a categoria abaixo descrita, através de uma transferência ou depósito bancário conforme dados abaixo;

3. ​Enviar o comprovante de pagamento para o e-mail <seminario.educacine.pb@gmail.com> com o assunto: PAGAMENTO + NOME COMPLETO DA PESSOA INSCRITA

* As pessoas isentas de taxa de inscrição não precisam enviar e-mail com comprovante de pagamento, mas devem enviar a documentação que comprove que a sua condição se enquadra nos critérios de isenção;

4. Aguardar o email da produção do evento com a confirmação da inscrição.

 

​CATEGORIAS E TAXAS DE INSCRIÇÃO NO EVENTO*:

  • Estudantes da Educação Básica: ISENTOS DA TAXA DE INSCRIÇÃO
  • Mestres e Mestras das Culturas Populares, Membros de Comunidades e/ou Movimentos Sociais: 20 reais
  • Propostas de trabalho SELECIONADAS pela Comissão científica: R$ 30,00
  • Artistas, Estudantes de Graduação e Professores da Educação Básica: R$ 70,00
  • Estudantes de Pós Graduação: R$ 100,00
  • Público em geral, Professores universitários e Pesquisadores: R$ 120,00

*As vagas são limitadas e serão preenchidas pela ordem de chegada dos comprovação de pagamento das taxas de inscrição.

 

DADOS PARA DEPÓSITO:

  • CONTA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
    • Agência.: 0729
    • Operação: 013
    • Conta poupança: 00042795-6
    • Favorecida: Ana Bárbara R da Silva
    • CPF: 921.998.524-15
  • CONTA BANCO DO BRASIL
    • Agência: 3396-0
    • Conta corrente: 14541-6
    • Favorecida: Marcelina de Moraes Bastos
    • CPF: 013.281.274-60

 

* Dúvidas a respeito das inscrições - entrar em contato pelo e-mail <seminario.educacine.pb@gmail.com>

PRESENÇAS CONFIRMADAS

Inês Teixeira é Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais pela UFMG (1973); Mestre em Educação pela UFMG (1992) e Doutora em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais em 1998; realizou seu Pós-Doutorado I na Universidade de Barcelona em 2005 e o Pós-Doutorado II na Universidade Metropolitana Autônoma do México e na FE/USP em 2014. É Professora Titular (aposentada) da Faculdade de Educação da UFMG e professora aposentada da PUC Minas. È professora voluntária do Programa de Pós-Graduação em Educação: conhecimento e inclusão social da FaE/UFMG e do PROMESTRE/FaE/UFMG. Atua na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia da Educação. É co-organizadora da Coleção "Educação, Cultura e Cinema" (ed. Autêntica) e da seção Educar o Olhar da Revista Presença Pedagógica. É pesquisadora do Núcleo de Pesquisas sobre Condição e Formação Docente da Faculdade de Educação da UFMG. Membro fundadora da Rede Kino - Rede Latinoamericana de Educação, Cinema e Audiovisual. Em seus estudos, pesquisas, na docência e na extensão tem analisado temáticas da condição docente e das vidas dos/as professores/as, dos tempos escolares e tempos docentes (experiência, uso e distribuição do tempo), bem como discussões relativas ao gênero e às mulheres, em especial. Mais recentemente tem se dedicado a estudos e projetos de trabalho de Ensino, Pesquisa e Extensão em Educação, Docência e cinema. É professora pesquisadora do Grupo Mutum: Educação, Docência e Cinema. Participa do Programa de Ações Afirmativas da UFMG e de Comitês Científicos de Revistas, Eventos e Associações. Dedica-se à formação de professores e de novos pesquisadores no campo das ciências humanas e sociais como orientadora de monografias, de iniciação científica, de mestrado e de doutorado na graduação e pós-graduação. É pesquisadora do CNPq há vários anos, mediante bolsa de produtividade em pesquisa. Professora visitante da Universidade Federal da Paraíba (Centro de Educação).

 

Rosália Duarte ossui graduação em Psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1984), mestrado em Educação pela Fundação Getúlio Vargas - RJ (1991) e doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2000). Atualmente é professor associado da PUC-Rio, onde coordena o Grupo de Pesquisa Educação e Mídia, vinculado ao PPGE. Membro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, da Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais de Educomunicação e do Grupo de Trabalho Children, Youth and Media da European Communication Research and Education Associantion (ECREA). Editora da Revista Educação Online (Educação PUC-Rio), membro do Conselho Editorial da Revista Educação & Realidade (UFRGS), da Revista Education Review e do Conselho Editorial da Revista InterScientia. Membro fundadora da Rede Kino - Rede Latino-Americana de Educação, Cinema e Audiovisual. Tem experiência de pesquisa na área de Educação, com ênfase em Educação e Mídia, atuando principalmente nos seguintes temas: cinema, mídias digitais, televisão, criança e mídia, juventude e mídia e cultura audiovisual.

 

Mestra D´oci é educadora e contadora de histórias, natural da Bahia seu nome Maria dos Anjos Mendes Gomes, hoje moradora do Vale do Gramame que fica na Zona rural de João Pessoa, tem formação acadêmica em Letras, na Universidade Federal da Bahia e Especialização em Educação de Adultos - Universidade Federal da Paraíba. Reconhecida nacionalmente como Mestra Griô no seu saber, implantou no Vale do Gramame, a CHP - Escola Viva Olho do Tempo, instituição que desenvolve projetos junto com moradores das comunidades do Vale do Gramame, Atualmente a escola atende a 130 crianças e adolescentes com faixa etária de 06 a 17 anos, com atividades diárias nas áreas de meio ambiente, cultura, memória, inclusão digital, teatro, percussão, dança, tradição oral. D´oci Ensina e passa nas suas contações de história e em sua caminhada, a valorização da vida, a valorização da memória. Vem mostrando em seu fazer, que é preciso que se desenvolva uma educação de encantamento que dialogue com saber popular por meio da tradição oral, através das brincadeiras, da contação de histórias e nas  vivências, tem visto que isso dá certo é assim que mestra D´oci tem despertado os mestres do Vale do Gramame e os moradores, para a apropriação de suas histórias e valorização de sua origem, também na busca e realização dos seus sonhos objetivando a melhoria na qualidade de suas vidas. D´oci é por demais Chamada.

 

Milene Gusmão é Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia e Mestre em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNI-RIO. Professora Titular do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB, onde atua como docente pesquisadora do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Memória: Linguagem e Sociedade e do Bacharelado em Cinema e Audiovisual, do qual participa desde a implantação em 2010. Atuou como coordenadora do Programa Janela Indiscreta Cine-Vídeo Uesb no período de 2001 a 2016. Líder juntamente com Rosália Maria Duarte (Puc-Rio) do Grupo de Pesquisa em Cinema e Audiovisual: memória e processos de formação cultural. Pesquisadora do Grupo Cultura, Memória e Desenvolvimento do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade de Brasília. Integrante da Rede Latino-americana em Educação, Cinema e Audiovisual - Rede Kino. Suas pesquisas destacam os seguintes temas: cinema e memória social, cinema e educação, trajetórias e práticas sociais em cinema, cineclubes, festivais e processos de formação cultural nos âmbitos do cinema e do audiovisual.

 

Beth Carmona é sócia/diretora da Singular, Mídia & Conteúdo. Formada pela ECA/USP. Consultora, produtora e gestora de projetos audiovisuais e multiplataforma, especializada na área infantojuvenil. Presta consultorias para canais como Gloob, TV Cultura, TV Escola, Fox e Nat Geo, Cartoon Network, DiscoveryKids, Pakapaka, WDR e NHK. Antes, atuou com o Executiva de canais na TV Cultura de SP, Discovery Kids, América Latina, TVE e grupo Roquette Pinto,TVERJ e Radios MEC e Disney Channel São Paulo, onde supervisionou produções e programações. Profissional atuante no conceito de qualidade na mídia para crianças e jovens, representa o Brasil e a América Latina em eventos e concursos internacionais como palestrante e avaliadora de projetos e programas, como Japan Prize, Prix Jeunesse Internacional, Divercine, Mostra de Cinema Infantil de Floripa, FICI e Concursos promovidos pelo Ministério da Cultura do Brasil, da Colômbia e do Chile, CNTV. Presidente e criadora do Midiativa - Centro Brasileiro de Mídia para Crianças e Adolescentes, Diretora geral do Comkids, plataforma informativa que também realiza o Festival comKids, seminários e workshops com objetivos de desenvolvimento e formação profissional para o setor. Membro do Board internacional da Fundação Prix Jeunesse e da Fundação World Summit for Children. Líder no Núcleo criativo Singular, selecionado pela Ancine. Algumas séries sob sua produção, supervisão e consultoria: “Mundo Ripilica”, “Os Valentins”,”Tuca, O mestre-cuca” ,”O Diário de Pilar”, “O Oráculo das Borboletas”, “Castelo Ra Tim Bum”, “Mundo da Lua”,” Um Menino Muito Maluquinho”“; Tonky”, “Senha Verde” , entre outras.

 

Isaac Pipano pesquisa, ensina e faz filmes. Doutor em Comunicação (PPGCOM UFF | Bolsa PDSE Capes | Paris 3), é um dos idealizadores do Inventar com a Diferença: cinema, educação e direitos humanos e Coordenador Acadêmico do Filmworks, curso de realização audiovisual da Academia Internacional de Cinema (AIC-RJ). Desde 2010 atua como educador em programas de formação audiovisual em espaços formais e não-formais de ensino. Foi professor substituto do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal Fluminense (UFF) e nos cursos de Comunicação da Universidade Veiga de Almeida (UVA). No coletivo apenasbaleia dirigiu coletivamente os filmes Andante (2016), Imóvel (2015) e Berlin (2014) e co-escreveu o roteiro do longa Um Filme de Verão (2018), de Jo Serfaty. É co-autor do livro Cinema de Brincar, com Cezar Migliorin, com quem também dirigiu o filme Educação (2017). Publica poemas e ensaios no blog lentamarchaparaoleste.com.

 

Simone Monteiro é mestre em Educação (PUC-RJ), pedagoga e especialista em Alfabetização (UFRJ) e em Midia, Tecnologias da Informação e Práticas Educacionais (PUC-RJ).
Professora da Rede Pública Municipal de Ensino do Rio de Janeiro, desde 1985. No período de 2001 a 2017 atuou no nível central da Secretaria Municipal de Educação, coordenando ações nas áreas de incentivo à leitura e de Mídia-Educação. Destacaram-se neste período a criação e desenvolvimento dos Programas Rio, uma cidade de leitores e Cineclube nas Escolas. Atualmente é Assessora de Articulação Pedagógica na MULTIRIO, empresa pública municipal de multimeios em educação da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, vinculada à Secretaria Municipal de Educação, que atua nas áreas de produção de conteúdos em diversas plataformas (portal, mídias sociais, TV, rádio e mídias impressas) e de formação de professores, no campo da mídia-educação. Nossa programação é diária e veiculada pelo canal 526 da NET, além do portal e das mídias sociais digitais. Mais informações em: http://www.multirio.rj.gov.br

 

Josi Campos é designer de formação, trabalhou com arquitetura de marca, produção de conteúdo editoral e também com produção de conteúdo publicitário como gerente de marketing em grandes empresas de comunicação. Em 2014 se juntou ao time do Instituto Alana, como coordenadora do Videocamp - uma plataforma online e gratuita que viabiliza a realização de exibições de filmes com potencial de impacto - e empresta suas habilidades de organização e comunicação para encontrar caminhos criativos que possibilitem a construção de um mundo mais justo, sustentável e plural.

 

PROGRAMAÇÃO

O Seminário terá quatro dias de duração, e organizará suas atividades em dois eixos de abordagem para pensar as relações entre a educação, o cinema e o audiovisual.

  • Como implementar o audiovisual nas escolas? – Debate sobre a Lei 13.006/14, exibição nas escolas e produção de conteúdo: infraestrutura, formação de acervo, preparação do corpo docente (metodologias, repertório e noções técnicas), implementação de cineclubes.
  • Como a escola pode se relacionar com o audiovisual? – Contextualização das práticas educativas com o cinema nos diferentes contextos escolares: relato de experiências, exibição de filmes realizados pelos projetos participantes e debates.

Esses temas serão pautados de forma direta e/ou transversal nas diversas atividades do evento: conferências, mesas de debate, relatos de experiências, apresentação de trabalhos científicos, oficinas, mostra de filmes, lançamento de livros.

Para compor a programação, convidamos representantes de projetos realizados no Estado da Paraíba, e projetos que são referência em todo território nacional, para compartilharem suas experiências e fomentarem a reflexão e o debate a respeito de temas propostas pelo evento.

 

PERCORRER OLHARES, TECER AFETOS, PARTLIHAR SABERES

Quarta, 22 de janeiro 2020

Tarde

13h - Acolhimento e inscrições (Auditório 3/4)

14h - Oficinas (Cearte)

  • Montagem na sala de aula: teoria e prática - com Isaac Pipano
  • Oficina na Pedagogia Griô - com Griô Aprendiz Penhinha Teixeira
  • Vídeo etnográfico: produção e sentidos como proposta didática - com Flaubert Cirilo Jerônimo de Paiva
  • Videopoemas: cinema e poesia em diálogo - com Aline Ferreira Pereira e Edilza Maria Medeiros Detmering
  • Corpos cidades e afetos - com Sarayna Martins
  • Criação de roteiros audiovisuais: temas sociais e processos criativos - com Jéssika Miranda, Karla Delgado e Rosilene Pereira

Noite

19h30 - Rito de abertura (Sala José Siqueira)

  • Apresentação do percurso do evento
  • Exibição de filmes do grupo Semente Cinematográfica
  • Encontro com Milene Gusmão (UESB/BA) e Valdenise Pimentel (EMEIF José Albino Pimentel - Conde/PB)
  • Depoimentos do público

 

Quinta, 23 de janeiro de 2020

Manhã

8h30 - Roda de abertura do dia (Auditório 3/4)

9h - Mesa 1: Educação, Cinema e Audiovisual: qual educação, qual cinema, quais aproximações? (Auditório 3/4)

  • Com Rosália Duarte, (PUCRJ/RJ) e Leila Rocha (ENSC/PB)
  • Comentários: Inês Teixeira (UFMG/UFPB)

10h45 - Panorama EducaCine Nordeste (Cearte)

  • Relato de Experiências, Comunicação de Trabalhos Científicos e Banners (Ver trabalhos na aba Painel EducaCine Nordeste)

Tarde

14h - Mesa 2 - A experiência do projeto Cartografia de imagens: cenas e enredos (Auditório 3/4)

16h - Mesa 3 - Povos Tradicionais, Educação, Cinema e Audiovisual (Auditório 3/4)

  • Com Mestra D'oci (Escola Viva Olho do Tempo/João Pessoa-PB), Clarisse Alvarenga (UFMG/MG), Jaquicilene Alves (EMEIF José Albino Pimentel/Conde-PB)
  • Comentários: Josaniel Vieira (UFPE/PE)

Noite

18h - (Re) Lançamento de livros (Espaço de Convivência)

19h30 - I Mostra de Educação, Cinema e Audiovisual da Paraíba (Cine Bangüê)

 

Sexta, 24 de janeiro de 2020

 Manhã

8h30 - Roda de abertura do dia (Auditório 3/4)

9h -  Panorama EducaCine Nordeste (Cearte)

  • Relato de Experiências, Comunicação de Trabalhos Científicos e Banners (Ver trabalhos na aba Painel EducaCine Nordeste)

10h45 - Mesa 4: Nos Territórios da Escola: Direitos Humanos, Cinema e Audiovisual (Auditório 3/4)

  • Com Maria Nazaré (UFPB/PB) Isaac Pipano (Academia Internacional de Cinema/RJ)
  • Comentários: Rúbia Mércia (CE)

Tarde

14h - Mesa 5: Cineclube na Escola e a Lei 13.600/2004 e: desafios e possibilidades (Auditório 3/4)

  • Com Teresa Assis Brasil (Programa Alfabetização Audiovisual/RS) e Jane Pinheiro (Grupo Leve/PE) 
  • Comentários: Raquel Costa (BA)

15h30 - Mesa 6: Filmes para infâncias e juventudes: Plataformas, acervo e compartilhamento de filmes (Auditório 3/4)

  • Com Bete Carmona (Comkids/SP), Simone Monteiro (MultiRio/RJ), e Josi Campos (Videocamp - Instituto Alana/SP)
  • Comentários: Liuba de Medeiros (Tintin Cineclube/PB)

Noite

19h30 - I Mostra de Educação, Cinema e Audiovisual da Paraíba (Cine Bangüê)

  • Sessão Maleta Comkids - exibição de filmes do Festival Comkids com mediação de Bete Carmona

 

Sábado, 25 de janeiro de 2020

Manhã

8h30 - Roda de abertura do dia (Auditório 3/4)

9h - Oficinas (Cearte)

  • Encruzilhadas entre Educação e cinema ameríndio - com Clarisse Alvarenga
  • Cineclube na escola: ver, sentir, pensar e criar - Com Simone Monteiro
  • Vivência em audiodescrição e cinema:construindo perspectivas inclusivas - Com Larissa Hobi
  • O cinema negro como estratégia comunicacional na luta anti-racista - Carine Fiúza

11h - I Encontro da Rede Kino Nordeste (Auditório 3/4)

  • Com a presença de instituições, projetos, artistas e educadores integrantes da Rede Kino

Tarde

14h - I Encontro da Rede Kino Nordeste (Auditório 3/4)

  • Com a presença de instituições, projetos, artistas e educadores integrantes da Rede Kino

16h - I Mostra de Educação, Cinema e Audiovisual da Paraíba (Cine Bangüê)

  • Sessão Rede Kino Nordeste - exibição de filmes realizados em contextos educativos formais e não-formais
OFICINAS

As oficinas oferecidas na programação foram propostas pelo público e pel@s convidad@s do evento, e serão realizados em dois momentos.

Segue abaixo a programação das oficinas. Em breve divulgaremos informações mais detalhadas sobre ela, e abriremos as inscrições para a participação do público.

 

Quarta, 22 de janeiro 2020

14h - Oficinas (Cearte)

  • Montagem na sala de aula: teoria e prática - com Isaac Pipano
  • Oficina na Pedagogia Griô - com Griô Aprendiz Peninha Teixeira
  • Vídeo etnográfico: produção e sentidos como proposta didática - com Flaubert Cirilo Jerônimo de Paiva
  • Videopoemas: cinema e poesia em diálogo - com Aline Ferreira Pereira e Edilza Maria Medeiros Detmering
  • Corpos cidades e afetos - com Sarayna Martins
  • Criação de roteiros audiovisuais: temas sociais e processos criativos - com Jéssika Miranda, Karla Delgado e Rosilene Pereira

 

Sábado, 25 de janeiro de 2020

9h - Oficinas (Cearte)

  • Encruzilhadas entre Educação e cinema ameríndio - com Clarisse Alvarenga
  • Cineclube na escola: ver, sentir, pensar e criar - Com Simone Monteiro
  • Vivência em audiodescrição e cinema:construindo perspectivas inclusivas - Com Larissa Hobi
  • O cinema negro como estratégia comunicacional na luta anti-racista - Carine Fiúza
PANORAMA EDUCACINE NORDESTE

O Panorama EducaCine Nordeste é um lugar proposto e ocupado pelo público do evento, onde serão apresentados mais de 40 trabalhos realizados por educadores nos diferentes contextos educativos do país, especialmente da região Nordeste.

A programação do painel é composta por Relatos de experiências, Comunicação de Trabalhos Científicos e Banners.

Essa é uma iniciativa importante para dar visibilidade aos trabalhos de educação, cinema e audiovisual, e oportunizar o contato e a troca de saberes e experiências entre os participantes do Seminário.

Em breve divulgaremos informações mais detalhadas sobre os trabalhos, o dia e o horário de apresentação deles no evento.

 

RELATOS DE EXPERIÊNCIAS

  • De olho na gente: cinema e educação
  • Clube de Cinema Ferris
  • A Construção de curtas-metragens na escola - dos gêneros escritos e orais ao filme
  • Cinema com Vida: "O Cinema 'Novo' como experiência inovadora da formação cultural docente
  • Juventudes, Educação e Cinema: Experiências com Cineclube
  • O audiovisual enquanto disciplina eletiva na Escola Estadual Humberto Mendes
  • Andanças - Mostra de Cinema de Gênero e Diversidade Sexual
  • Auto-narrativas do Cerrado
  • Criação coletiva e Apreciação na disciplina de Audiovisual no Ensino
  • Fundamental do CP/UFMG"
  • Cinecampo
  • O audiovisual na educação básica: a exibição de curta-metragem colaborando para um desmonte às raízes do racismo, preconceito e da discrimicação racial no ensino fundamental
  • Laços entre História e Cinema: Dia da consciência negra e fortalecimento da cultura afro-brasileira a partir do filme Besouro
  • Incitando o cinema que incita: o filme como gerador sensível de encontros de
  • saberes com adolescentes sob medidas socioeducativas
  • MUCA - Museu de Cinema de Animação Lula Gonzaga 
  • Cineclube Cidadania
  • Cinema-educação:Experiência, Visualidade e Educação em Pernambuco.
  • Projeto de extensão NEC – Núcleo de experimentação audiovisual
  • Interfaces Arquipélago: memórias, narrativas e museus.
  • Janela Indiscreta Cinema e Audiovisual
  • A relação do corpo para a construção da identidade negra

 

TRABALHOS CIENTÍFICOS

  • Práticas cineclubistas na escola da infância
  • EXPERIMENTANDO CINEMA NUM LUGAR-ESCOLA: Educação, Cultura Hacker e Direitos Humanos
  • O Uso do Audiovisual no processo de ensino-aprendizagem da Sociologia no Ensino Médio
  • O cinema educativo do Brasil e da Argentina do início do século XX
  • Ensino de História e Produção de Audio e vídeo – Uma experiencia de integração curricular na educação profissional (Fortaleza-CE).
  • Educomunicação no espaço não-formal: Uma experiência junto a Associação das Trabalhadoras Domésticas de Campina Grande
  • CineEducar Partejar Potiguara
  • Cinetrilho: um estudo sobre a recepção do cinema paraibano
  • A linguagem do cinema, de Geraldo Sarno: transmissão de conhecimento e processos criativos no cinema brasileiro"
  • Looping na confeccao de gifs audiovisuais
  • A EDUCAÇÃO NA IDADE MÉDIA: UM OLHAR A PARTIR DO FILME “AS AVENTURAS DE GUILHERME TELL
  • RELATO DE EXPERIÊNCIA PEDAGÓGICA: O CANGAÇO COMO HISTÓRIA DO NORDESTE E PROTESTO SOCIAL
  • PLATAFORMAS HERMENÊUTICAS AUDIOVISUAIS DIGITAIS: levantamento de hipóteses e plano de ação.
  • Um trajeto católico de educação pelo/para o cinema no Brasil: redes, práticas e memórias
  • O CINEMA COMO POSSIBILIDADE DE LÍNGUA OUTRA NA EDUCAÇÃO DE SURDOS
  • Muito além do peso: família, audiovisual e marketing na formação do gosto alimentar 
  • O brincar monetizado de crianças adultizadas: relações de trabalho e de consumo infantil por trás da produção audiovisual do Youtube 
  • Análise Cultural: Um estudo sobre a interação cultural da comunidade estudantil do Centro de
  • Ensino Superior do Seridó (CERES).
  • Vídeo Etnográfico e práticas avaliativas significativas: reflexões do estágio supervisionado em Educação Física na Escola de Educação Básica
HOSPEDAGEM SOLIDÁRIA

Estamos lançando uma campanha para ajudar as pessoas do interior e de outros Estados que querem participar do evento mas não tem condições financeiras para pagar por uma estadia na cidade.

Se você mora em João Pessoa e pode ajudar, entre em contato conosco!
Esse é o link para participar da campanha solidária: <http://bit.ly/Seminario_HospedagemSolidaria>
Se você precisa de ajuda, fale com a nossa produção INBOX, no telefone (83) 998 131 661 ou no e-mail<seminario.educacine.pb@gmail.com>.

Com o apoio mútuo, vamos transformar esse evento lindo em um momento de celebração e alegria!

QUEM SOMOS

Esse evento é fruto de uma articulação institucional ampla e da colaboração de parcerias importantes. Segue abaixo um resumo de cada instituição envolvida e os nomes que constituem as Comissões científica e organizadora do Seminário.

SEMENTE CINEMATOGRÁFICA é uma startup de impacto social voltada para a pesquisa e o desenvolvimento de práticas pedagógicas inovadoras por meio do uso da tecnologia e da arte nas escolas, desenvolvendo as possibilidades educativas do cinema. O grupo de trabalho é formado por educadores, pesquisadores, cineastas e produtores culturais com experiência no mercado paulistano e paraibano. Desde 2014, desenvolvemos projetos para professores e estudantes do ensino básico, em parceria com escolas públicas, universidades, ONGs, instituições culturais e órgãos governamentais. Mais informações em: <bit.ly/Semente_SemearAprendizagens>

PPGE/UFPB é o Programa de Pós-graduação em Educação da UFPB, que oferece os cursos de Mestrado e Doutorado. Constituído por cinco linhas de pesquisa e tendo como foco principal a educação básica no Nordeste brasileiro. Educadores e movimentos sociais da região alimentam nossa práxis e direcionam nossas intervenções, compondo uma verdadeira Escola da Paraíba que possa servir de referência aos educadores e às educadoras de todo o mundo. Mais informações em: <www.ce.ufpb.br/ppge>

REDE KINO é a Rede Latino-Americana de Educação, Cinema e Audiovisual – congrega pessoas e instituições para compartilhar experiências e somar esforços no intuito de viabilizar ações conjuntas relacionadas às áreas do Audiovisual, Cinema e Educação. Todo ano, a Rede promove um Fórum dentro da programação da CineOP, em Ouro Preto.

MUTUM: Educação. Docênçia e Cinema (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais) é um Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão, constituído de educadores, estudantes de graduação e de pós graduação, pesquisadores e profissionais do cinema e audiovisual de universidades, escolas de educação básica e de outros espaços educativos formais e não formais.
Destaca-se entre as atividades do Mutum, seus projetos de formação e acompanhamento de professores que realizam trabalhos com educacao e cinema no cotidiano das escolas.

RUMOS ITAÚ CULTURAL é um dos maiores editais de financiamento de projetos culturais do país, o Programa Rumos, é realizado pelo Itaú Cultural desde 1997, fomentando a produção artística e cultural brasileira.A iniciativa recebeu mais de 64,6 mil inscrições desde a sua primeira edição, vindos de todos os estados do país e do exterior. Destes, foram contempladas mais de 1,4 mil propostas nas cinco regiões brasileiras, que receberam o apoio do instituto para o desenvolvimento dos projetos selecionados nas mais diversas áreas de expressão ou de pesquisa. Os trabalhos resultantes da seleção de todas as edições foram vistos por mais de 7 milhões de pessoas em todo o país. Além disso, mais de mil emissoras de rádio e televisão parceiras divulgaram os trabalhos selecionados.
Nesta edição de 2017-2018, os 12.616 projetos inscritos foram examinados, em uma primeira fase, por uma comissão composta por 40 avaliadores contratados pelo instituto entre as mais diversas áreas de atuação e regiões do país. Em seguida, passaram por um profundo processo de avaliação e análise por uma Comissão de Seleção multidisciplinar, formada por 21 profissionais que se inter-relacionam com a cultura brasileira, incluindo gestores da própria instituição. Foram selecionados 109 projetos, contemplando todos os estados brasileiros. Mais informações em: <www.itaucultural.org.br/conheca-o-rumos>

 

IMPRENSA

SERVIÇO

I Seminário de Educação, Cinema e Audiovisual da Paraíba / I Encontro da Rede Kino Nordeste Data: 22 a 25 de janeiro de 2020

Local: Espaço Cultural José Lins do Rego

Saiba mais em: bit.ly/SeminarioCineEducaPB2020

Formulário de inscrição: bit.ly/SeminarioCineEducaPB_Inscricao

 

PRESS KIT E FOTOS

Pelo link: bit.ly/PressKit_SeminarioCineEducaPB

Agendamento de entrevistas: Felipe Leal Barquete - 83 986 661 517

 

REDES SOCIAIS

Instagram: @sementecinematografica 

Facebook: @sementecinematografica / Evento no Facebook: bit.ly/Seminario_EventoFace 

Flickr: bit.ly/Semente_Flickr

Canal Youtube: bit.ly/Semente_CanalYoutube